quinta-feira, 26 de julho de 2018

Instalando o OS/2 Warp

Pessoal,

Hoje vou instalar o OS/2 Warp da IBM.

O OS/2 foi um sistema desenvolvido pela IBM em parceria com a Microsoft na década de 1980. Em 1990, entretanto, a MS abandonou o projeto para dedicar-se ao Windows.

O OS/2 era considerado melhor tecnicamente, pois conseguia correr nativamente programas do Windows. Além disso, foi o primeiro dos dois a implementar TCP/I, ter 32 bits e máquina Java. Por erros diversos da IBM (marketing e investimento), o OS/2 caiu de joelhos diante do Windows 95. 

O OS/2 suporta o sistema FAT (do DOS e Windows), a Super FAT e o HPFS (desenvolvido pela IBM e Microsoft e que deu origem ao NTFS).

Outro atributo importante do OS/2 está em sua proteção. Um aplicativo não consegue derrubar o sistema todo, pois o acesso à memória é exclusivo e totalmente gerenciado pelo OS/2.

No OS/2, a memória é acessada usando-se um endereço de 32bits, permitindo até 4 GB de endereçamento direto.

O OS/2 é um sistema multitarefa preemptivo, ou seja, capaz de processar diversos programas concomitantemente (ao mesmo tempo). O sistema divide o processador e a RAM da máquina entre os programas de modo que todos fiquem com o suficiente. O OS/2 é um sistema desenhado em 32bits. Assim, ele fica livre do maldito e instável kernel misto 16/32 bits dos Windows 9.x.

As primeiras versões foram lançadas em 1987 e o sistema resistiu até 2001, porém as vendas diretas aos consumidores encerraram-se em 1996.

Vamos lá. Os softwares foram baixados no WinWorld. A instalação começa com o CD de boot. Escolhi uma VM eComStation (a eComStation é uma versão atualizada do OS/2 4.52 comercializada atualmente aqui).










(Aqui o instalador avisa que o espaço é muito pequeno; na
verdade, é porque o HD ainda não foi formatado)




(Tá vendo? Só o CD. Dê um ENTER para opções do HD)

(Outro enter para criar um novo volume)


(Escolha criar um volume que possa ser "Bootável")




















Pronto! Primeiro criamos o volume "C", depois demos o nome e então alocamos o espaço livre. 

Repare que, na última foto, na parte inferior é mostrado disco físico, ou seja, apenas uma partição (A) com o espaço de 20GB. Na parte de cima é mostrado disco lógico, com o nome escolhido, a letra escolhida e tamanho de 20GB e o aviso que é bootável.

O HD já está pronto para a instalação! Aperte F3 para sair e aparecerá a opção de salvar as alterações e sair.




O programa agora pede para que seja inserido o CD de boot e o computador seja reiniciado. Lembre-se apenas que a VM vem configurada para que o boot primário seja pelo HD e não pelo CD. Assim, é preciso ir nas configurações da BIOS da VM e trocar a opção de boot inicial. Ficará assim:


Feito isso (e com o CD de boot colocado), reinicie a VM com F10 (salvar e sair).









(Repare que agora já aparece qual o volume para instalar (C);
Escolha "Aceitar" e vamos em frente)


(Escolhi a opção 1)

(Como coloquei um HD de 20GB, apenas o HPFS está
disponível - FAT é para tamanhos menores que 4GB)






(Pronto, agora é configurar!)















(Clique em ok e vamos ver o que vai acontecer!)


(Instalando a rede)


(Mais instalações...)



Bom, instalado! Como é meu primeiro contato com o OS/2, vou dar uma olhada. Assim que tiver algo interessante, coloco no blog.

Até mais, pessoal!

Nenhum comentário:

Postar um comentário